382 HCC Senhor, se em meu caminho (Porto/Lloyd)

Senhor, se em meu caminho
um dia que eu me queixar
ao ver somente espinho
na estrada repontar,
teus pés ensangüentados
mostrar-me vem, Jesus,
feridos, traspassados
em meu lugar na cruz.

Se em dias de nevoentos
de provações e dor
ouvires meus lamentos
subindo a ti, Senhor,
os prantos alivia,
mas vem lembrar a mim
tu mesmo em agonia,
sozinho, no jardim.

Se os fardos me pesarem
e vires, ó Jesus,
meus ombros se vergarem,
cansados, sob a cruz,
oh, vem, pois, recordar-me
que me Jerusalém
sofreste, carregando
pesada cruz também!

Que a cruz iluminada
em que mostraste amor
conserve levantada
a minha fé, Senhor.
Que além de todo pranto,
meus olhos possam ver
a ti, Cordeiro santo,
razão do meu viver. Amém.

Be the first to comment on "382 HCC Senhor, se em meu caminho (Porto/Lloyd)"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


%d blogueiros gostam disto: