Ordens de Culto

ORDEM DE CULTO (Confiança) Bendito o homem cuja confiança está no Senhor

Processional
Comunicações
Prelúdio


Coro Masculino  
O Senhor é minha luz (Frances Allitsen)

Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor,

cuja confiança nele está.

(Jeremias 17.7)


Canto 8 HCC   A ti, ó Deus, fiel e bom Senhor (H. Wright/W. Monk)


A ti, ó Deus, fiel e bom Senhor,

eterno Pai, supremo benfeitor,

nós, os teus servos, vimos dar louvor.

Aleluia! Aleluia!


A ti , Deus Filho, Salvador Jesus,

da graça a fonte, da verdade a luz,

por teu amor, medido pela cruz.

Aleluia! Aleluia!


A ti, ó  Deus, real Consolador,

divino fogo santificador,

que nos anima e nos acende o amor.

Aleluia! Aleluia!


A ti, Deus trino, poderoso Deus,

que estás presente sempre junto aos teus,

a ministrar as bênçãos  lá dos céus.

Aleluia! Aleluia!


Leitura bíblica:  Jeremias 18.1-6

Dirigente: Esta é a palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor: "Vá à casa do oleiro, e ali você ouvirá a minha mensagem".
Congreg.: Então fui à casa do oleiro, e o vi trabalhando com a roda. Mas o vaso de barro que ele estava formando se estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade.
Dirigente: Então o Senhor dirigiu-me a palavra: "Ó comunidade de Israel, será que não posso eu agir com vocês como fez o oleiro? ", pergunta o Senhor.
Todos: "Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de Israel.

Canto                                     Reina em mim                               (B. Brown)

Sobre toda a terra tu és o Rei,

sobre as montanhas e o pôr-do-sol.
Uma coisa só meu desejo é:
vem reinar de novo em mim!

Reina em mim com o teu poder,

sobre a escuridão,

sobre os sonhos meus.

Tu és o  Senhor de tudo o que sou.

Vem reinar em mim, Senhor!


Sobre o meu pensar, tudo o que eu falar,
faze-me refletir a beleza que há em ti.
Tu és para mim mais que tudo aqui.
Vem reinar de novo em mim!

Canto                            Te louvarei                                   (Michael Smith/Min. Apascentar)

Perto quero estar,

junto aos teus pés,

pois prazer maior não há

que me render e te adorar.

Tudo o que há em mim quero te ofertar.

Mas, ainda é pouco, eu sei,

se comparado ao que ganhei:

não sou apenas servo, teu amigo me tornei.

  

           Te louvarei,

        não importam as circunstâncias.

          Adorarei somente a ti, Jesus.


Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.

(1Pedro 2.9)

Cântico          Oferta de amor


Venho, Senhor, a vida oferecer

como oferta de amor e sacrifício.

Quero minha vida a ti entregar

como oferta viva em teu altar.

 

                                

Pois, pra te adorar foi que eu nasci.

Cumpre em mim o teu querer,

faze o que está em teu coração,

e que a cada dia eu queira mais e mais

estar ao teu lado, Senhor,

estar ao teu lado, Senhor.


Momento de Fidelidade

 

Oração

Coro Masculino Deus é amor (Ralph Manuel)


 

Momento de intercessão

Leitura bíblica: Jeremias 17.7-8


Dirigente:   Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está.

Congreg.: Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro.

Todos: Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto.


Canto Hino 348 CC   Confiança (Entzminger/Sankey)

Confiando em meu Jesus,

dele vem-me paz e luz;

quando vem a provação,

ele dá-me a sua mão.


Confiemos em Jesus,

vencedores nos fará;

através da provação,

dá-nos força e direção.


Dá-nos o Consolador,

que nos enche de fervor.

E não deixa tropeçar

quando o tentador chegar.


E, se nele confiar,

poderei então cantar:

quando o temporal bater,

venha, sim, o que vier!


 

Oração

 

Coro masculino Na presença de Deus (Geron Davis)

Mensagem

Canto396 CC – Cegueira e Vista (Hudson/Wright)

Congreg.: 1. Oh! tão cego eu andei, e perdido vaguei,

Longe, longe do meu Salvador;

Mas da glória desceu e seu sangue verteu

Pra salvar um tão pobre pecador.


Todos: Foi na cruz, foi na cruz onde um dia eu vi

Meu pecado castigado em Jesus;

Foi ali, pela fé, que meus olhos abri,

E eu agora me alegro em sua luz.


Solista: 2. Eu ouvia falar dessa graça sem-par,

Que do céu trouxe nosso Jesus;

Mas eu surdo me fiz, converter-me não quis

Ao Senhor que por mim morreu na cruz!


Solista 3. Mas um dia senti meus pecados, e vi

Sobre mim o castigo tia lei;

Mas depressa fugi, em Jesus me escondi,

E refúgio seguro nele achei.


Congreg.: 4. Oh! que grande prazer inundou o meu ser,

Conhecendo esse tão grande amor,

Que levou meu Jesus a sofrer lá na cruz

Pra salvar um tão pobre pecador!


Poslúdio

Recessional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *