Ordens de Culto

ORDEM DE CULTO (Missões) Ide e proclamai

Processional

Comunicações
Prelúdio
 
Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria, para que o meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te darei graças para sempre. 
(Salmos 30.11 e 12)
 
Canto         Santo, Justo e Digno                       (desconhecido)
 
Santo, santo, santo é o Senhor;
santo é o Senhor Deus Poderoso;
que era, que é e que há de vir.
Santo, santo, santo é o Senhor.
 
Justo, justo, justo é o Senhor; 
justo é o Senhor Deus Poderoso;
que era, que é e que há de vir. 
Justo, justo, justo é o Senhor.
         
Digno, digno, digno é o Senhor; 
digno é o Senhor Deus Poderoso;
que era, que é e que há de vir. 
Santo, justo, digno é o Senhor.
 
Leitura bíblica: Jeremias 1.5-7 e 9
 
Dirigente: Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi; antes de você nascer, eu o separei e o designei profeta às nações.  
Congreg.: Mas eu disse: Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem.  
Dirigente: O Senhor, porém, me disse: “Não diga que é muito jovem. A todos a quem eu o enviar, você irá e dirá tudo o que eu lhe ordenar.  
Todos: O Senhor estendeu a mão, tocou a minha boca e disse-me: “Agora ponho em sua boca as minhas palavras. 
 
Canto Espírito enche a minha vida (Desc.)
 
Espírito,  enche a minha vida
Encha-me do teu poder
Pois de ti eu quero ser
Espírito, encha o meu ser
 
As minhas mãos eu quero levantar
E em louvor te adorar
Meu coração eu quero derramar
Diante do teu altar.
 
Canto Exaltamos-te Cordeiro Santo de Deus (Koynonia)
 
Exaltamos-te, Cordeiro santo de Deus,
e declaramos as tuas maravilhas.
Teu Espírito se  manifestará nestes dias,
trazendo vitória a nossas vidas.
Quem intentará contra o braço forte do Senhor?
Quem impedirá o seu agir?
Quem poderá nos resistir
se a palavra de vitória já foi liberada a nós?
Momento de fidelidade 
 
Oração
Solo
 
Momento de intercessão
 
Canto 375 HCC   Ouve-nos, Pastor divino (Thrupp/Bradbury)
 
Ouve-nos,  Pastor divino, nós que neste bom lugar,
teu rebanho congregado, desejamos te adorar.
Cristo amado, Cristo amado, vem teu povo abençoar.
Cristo amado, Cristo amado, vem teu povo abençoar.
 
Ao perdido no pecado seu perigo faze ver;
chama aos pobres enganados, faze-os tua voz ouvir.
Aos enfermos, aos enfermos, ó Senhor, vem acudir.
Aos enfermos, aos enfermos, ó Senhor, vem acudir.
 
Traze o pobre desgarrado ao aprisco teu,  Senhor;
toma o tenro  cordeirinho nos teus braços, bom Pastor.
Dá-lhe os pastos, dá-lhe os pastos de celeste e doce amor.
Dá-lhe os pastos, dá-lhe os pastos de celeste e doce amor.
 
Ó Jesus, escuta a prece, nossa humilde petição;
vem encher o teu rebanho de sincera devoção.
Cantaremos,  cantaremos tua eterna compaixão.
Cantaremos,  cantaremos tua eterna compaixão.
 
Interlúdio

Solo
 
Mensagem
 
Canto          Ide e proclamai       (J. La Porta/arr. Peacock)
 
Ide e proclamai as novas de alegria e paz;
os campos brancos contemplai, é tempo de ceifar.
Ide e confiai que os vossos passos guiará,
que os vossos lábios ungirá, mostrando o que falar.
 
                    Para que o mundo veja,
                    para que o mundo creia
                  que em Cristo há perdão,
                        que em Cristo  há poder,
                        para que o mundo creia em Deus.
 
Ide e anunciai àquele que chorando está,
consolo do alto ministrai, seu pranto enxugai.
Ide e restaurai aquele que abatido está.
A graça eterna bastará, seu fardo aliviará.
 
Poslúdio                                                                          
Recessional                                                                     
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *