O Agrado

Senhor, quem habitará no teu santuário? Quem poderá morar no teu santo monte?

Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo, que de coração fala a verdade 

Salmos 15.1-2 

Talvez seja mais fácil ser íntegro em nossa conduta quando as pessoas fazem o que desejamos que façam.

Certo dia, você está participando do ensaio para o próximo culto e percebe que algumas músicas escolhidas não fazem parte do repertório que agrada seu gosto.

Algumas pessoas brigam por isso. Outras, ficam de bico e outras continuam o trabalho, porém com certa tristeza e desgosto.

Demonstrar qualidades cristãs no serviço cristão enquanto as coisas estão como queremos é, de fato, mais fácil. Precisamos exercitar o amor, a compreensão, a tolerância e o domínio próprio quando as coisas não estão do jeito que queremos.

Em tudo que fizermos, ter integridade diante de Deus é estar com os corações voltados a ele e não aos nossos gostos pessoais. Eles fazem parte, mas não é algo mais importante do que agradar ao próprio Senhor.

Quando as coisas não estiverem como deseja, seja íntegro.

Ramon Chrystian A. Lima

Be the first to comment on "O Agrado"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


%d blogueiros gostam disto: