O que você tem para oferecer? (Fabiano Rocha)

I Samuel 16. 23b “…Davi pegava sua harpa e a dedilhava; então Saul sentia alívio e ficava melhor, e o espírito mau se retirava dele”.
 
Saul ordenara aos seus soldados para lhe trazer qualquer homem; qualquer um que fosse capaz de lhe dar solução diante daquele quadro deplorável. Entra em cena um jovem portando um rústico instrumento. O som suave da harpa de Davi não apenas penetrou aquele cômodo sombrio e obscuro do palácio do rei, mas, penetrou também o coração deprimido e perturbado de Saul. O Rei sentia um alívio instantâneo ao ouvir o som da primitiva harpa de Davi. Que poder transformador aquele músico tinha em suas mãos! Poder de tocar profundamente e aliviar o coração de um rei.

O músico cristão também tem capacidade de tocar através de seu instrumento ou sua voz, o coração mais perturbado, deprimido, cansado, ofegante e sem esperança. Mas, será que os músicos e as músicas em nossas igrejas estão preparados para atender as necessidades destes corações? Certa ocasião um guitarrista, antes do culto, me perguntou quantas músicas seriam tocadas durante o culto, e eu respondi que seria cantada apenas uma.

Ele ficou indignado, pois, havia levantado cedo pro culto e iria tocar apenas uma música! Às vezes nos preocupamos com a quantidade de músicas que vamos executar; com o volume do nosso instrumento ou de nossa voz, se realmente o “nosso som” está aparecendo; preocupamo-nos se vamos ser elogiados pelas pessoas após o culto; infelizmente poucos de nós estão preocupados com a mensagem que estão transmitindo, poucos estão preocupados com as necessidades de cada coração. Davi ofereceu a Saul uma música suave e de rápido alívio. Que música você tem para oferecer às pessoas que sofrem, que sentem dor, que estão sem esperança?

Be the first to comment on "O que você tem para oferecer? (Fabiano Rocha)"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


%d blogueiros gostam disto: