Liderança

Motivação em foco

 
[dropcap cap=”M”] uitos lideres de música capengam por falta de motivação. Talvez isso seja um reflexo da falta de centralização do nosso foco que é Jesus Cristo. Muitas vezes, nossa visão é muito horizontal, muito terrena, muito humana. E isto se agrava com a secularização demasiada.[/dropcap]

 Há muitos que só pensam nas “paradas de sucesso”, e esquecem de facilitar o culto que a igreja presta ao Senhor, culto este que é insubstituível, motivador e inegociável. Nossa maior motivação é sentir a presença de Deus recebendo nosso culto.Desejo expor aqui alguns pontos importantes, baseado no livro “Como Despertar o Melhor das Pessoas” de Alan Loy Mcginnis. Tais pontos, se colocados em prática, podem ajudar você a motivar sua equipe, fazendo seus liderados se sentirem bem e consequentemente ajudar no crescimento do Reino de Deus.

PRINCIPIOS PARA MOTIVAR A SUA EQUIPE: “Líderes precisam inspirar as pessoas a tomarem atitudes certas em prol de objetivos comuns”. Temos aqui alguns princípios práticos a serem considerados:

1- ESPERE O MELHOR DAS PESSOAS QUE VOCÊ LIDERA.

As pessoas, conhecendo que esperamos um bom desempenho delas, provavelmente tenderão a corresponder às nossas expectativas.

O famoso escritor Goethe escreveu algo que foi comprovado mais tarde por Robert Rosenthal, psicólogo de Harvard:

[blockquote] “Trate um homem como ele aparenta ser e você o fará pior. Mas trate um homem como se ele já fosse o que poderia chegar a ser, e você o transforma no que ele deveria ser”.[/blockquote]

Precisamos estar promovendo um ambiente de crescimento dentro de nossos ministérios, onde as pessoas possam desenvolver suas capacidades, ficarem mais maduras, mais autoconfiantes e mais competentes.“No fundo do peito de cada pessoa há o impulso de chegar a algo, de ser alguém. E este é um excelente ponto de partida para o motivador” (Alan Loy Mcginnis).

2-IDENTIFIQUE AS NECESSIDADES DO SEU GRUPO.

Uma das principais funções de um líder é IDENTIFICAR e procurar ATENDER as REAIS NECESSIDADES do seu grupo. Você constrói um plano de motivação se você conhecer mais sobre os seus liderados. Conhecer suas expectativas, seus anseios e suas dificuldades. É interessante observar que a história de cada pessoa esclarece muito das suas atitudes do presente. Portanto, aprender a OUVIR é essencial neste processo e demonstra o quanto você valoriza as pessoas.

3-ESTABELEÇA ALTOS PADRÕES DE EFICIÊNCIA

Que os seus objetivos se transformem em uma grande causa! É de muita importância que você líder determine os objetivos a serem alcançados. Tais objetivos devem ser claros, bem delineados, graduais e alcançáveis. Assim, os sucessos virão de forma regular. Sendo suas metas desafiadoras e realistas, os seus liderados tenderão a ficar motivados devido ao êxito constante. Necessário é ter firmeza no padrão de eficiência, mas deve-se ter bom senso para agir com sabedoria, procurando servir e não se portar como um cão de guarda intransigente e arrogante perante o grupo.

4- ENSINE – OS A FALHAR COM INTELIGÊNCIA

Precisamos criar um ambiente onde cometer falhas não seja fatal. Quando as pessoas falham, o motivador tem uma grande oportunidade de exercer seu papel. Transmitir perseverança, confiança e entender que os erros fazem parte do processo de crescimento e aprendizagem.Vivemos num mundo hostil! É importante que as pessoas se sintam seguras na equipe de música. Esta segurança tem a função de inibir o seu medo de falhar nas tentativas de acertos. Não devemos atacar de forma demasiada os erros.Precisamos a ensiná-los a aprender com suas falhas momentâneas.Se as pessoas se sentirem bem e sentirem que estão indo bem, ficarão altamente motivadas.

5- CUMPRIMENTOS COM EQUILÍBRIO

Elogios e cumprimentos não devem ser feitos de forma demasiada, mas ajudam a motivar, se feitos com sinceridade e BOM SENSO.• Faça os elogios em público;• Celebre os êxitos – Devemos celebrar nossas realizações como equipe. Quando cumprirem metas… Celebre!• Talvez um cumprimento por escrito seja uma opção interessante para demonstrar sua gratidão, para motivar, cumprimentar, etc. • Seja bem concreto – Detalhe o cumprimento: “Fiquei feliz com sua dedicação a essa música. Sua parte está perfeita”.

6- REPREENSÃO COM EQUILÍBRIO

Devemos cumprimentar mais do que criticar, mas a crítica exerce um importante papel no processo de crescimento. A repreensão instrutiva consiste em advertir e mostrar à pessoa o que deve ser feito.

“Esteja certo de que você está ensinando a pessoa a evitar certo comportamento, não a evitar você” (Alan McGinnis).

Mantenha sempre um relacionamento caloroso e de confiança com seus liderados. O sentido da repreensão é mostrar as conseqüências de determinado comportamento e incentiva-las a caminhar por caminhos bem aplanados.

7-CONSIDERAÇÕES GERAIS PARA COOPERAÇÃO MÚTUA

[list class=”bullet-check”] [li] Devemos construir uma lealdade recíproca entre os membros.[/li] [li] O líder eficiente precisa tornar os liderados responsáveis pela qualidade do serviço uns dos outros. É o sentimento de responsabilidade da equipe.[/li] [li] Uma equipe altamente motivada confia em seu líder e sabe que ele é leal a ela.[/li] [li] Evite fazer promessas. Se fizer, Cumpra-as![/li] [li] Seja justo sempre. Nunca elogie ou distribua “recompensas” injustamente ou por conveniência.[/li] [li] Devemos conciliar ALEGRIA com eficiência no trabalho.[/li] [li] Planeje ocasiões para que as pessoas saiam juntas. Isto ajuda nos relacionamentos, a criar laços de amizade, etc.[/li] [/list] .

“Não sabes, não ouviste que o Eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.” (Isaías 40: 28-31).

O fato real é que, se não tivermos o nosso CORAÇÃO e nossas AÇÕES voltadas àquele que é merecedor de toda honra e toda nossa dedicação, julgo que nossas tentativas de sucesso serão fracassos certos. Porque sem Ele nada podemos fazer!

Bibliografia:

Mcginnis, Alan Loy- Como despertar o melhor das pessoas- 2° ed.RS: Editora Sinodal, 1986

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *