Música e Adoração

Musica Kitsch Cristã (Gospel) – Perigo iminente

O conceito de Kitsch está primeiramente ligado às pessoas de capital que tinham gosto duvidoso. Podemos pensar neste conceito nos dias atuais presente na chamada “Mídia Gospel”.

O mercado cristão virou moda e grande fonte de lucro, pois possui um “público fiel”. Claramente esse fenômeno também é reflexo da industrialização cultural e é óbvio que se produzem muitas coisas de qualidade duvidosa.

Músicas que apóiam doutrinas contra as escrituras são muitas vezes tocadas em nossas igrejas por conta das rádios, televisão e internet.

É o nosso Kitsch feito para as grandes massas que estão alienadas pelo sistema e expostas a tudo isso sem quase nenhum senso crítico e conhecimento teológico.

Precisamos estar atentos ao que cantamos, atentos para não nos enveredar pelo mercantilismo deixando – o fluir tranquilamente por entre o culto que prestamos a Deus.

Precisamos ter conhecimento bíblico para selecionar o que é bom e proveitoso do que é ruim (no sentido anti-bíblico). No meio da mídia há muitas músicas edificantes e teologicamente corretas, como também muito besteirol teológico e "evangeliquês clichezado." 

Um dos maiores problemas é a falta de connecimento bíblico. Muitas pessoas não se empenham em conhecer as escrituras e aprofundar seu relacionamento com Deus, então, qualquer vento de doutrina pode os levar facilmente. 

Meu amigo, estude a palavra, medite na palavra, leia-a, estude-a. Ela é o meio pelo qual o Senhor fortifica nossos pés para não vacilarmos e não sermos levados por qualquer vento.

Ramon Chrystian A. Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *