Devocionais

Vaso de barro (Fabiano Rocha)

3 de abril de 2011
Jeremias 18.6b “Como barro na mão do oleiro, assim sois vós em minha mão, ó casa de Israel”.
 
Deus é o oleiro, nós somos o barro. O barro é incapaz de se opor à vontade do oleiro. Falar sobre soberania de Deus é algo bastante terrível! Talvez você pense assim: “Eu não sou como o barro, eu tenho vontade própria, eu tomo as minhas decisões. Tenho inteligência. Não preciso que ninguém decida por mim, que ninguém decida o meu futuro. Eu sou capaz de construir a minha vida, de fazer as minhas escolhas, de encontrar as soluções para os meus problemas”. Esta é a parábola das coisas estragadas, que o mais extraordinário artífice e construtor tem a capacidade de consertar.

Há muitos músicos vivendo relacionamentos estragados; não enxergam possibilidade de restauração. Está era a posição de Jeremias, ela não via solução para a casa de Israel. Devemos ser como o barro; entregar-nos completamente nas mãos do Senhor, para que Ele possa realizar o seu plano soberano em nossas vidas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *